Fundada em 19 de março de 1954, a Associação Atlética Acadêmica “Rocha Lima” (A.A.A.R.L.®) empenha-se em elevar o nome da “Gloriosa” Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto – USP ao seu merecido lugar: o primeiro no pódio. Trabalha, desde então, para fornecer estrutura e condições devidas para a prática de diversas modalidades esportivas, além de transporte e acomodação para a participação nas principais competições do Estado de São Paulo.

Dessa maneira, seus atletas não só têm contato e integram-se com estudantes de outras escolas, mas também têm a oportunidade de defender a FMRP-USP nas quadras.

Desde a sua fundação, a luta pela melhoria da infra-estrutura esportiva de nosso Campus foi (e ainda é) marca registrada da AAARL. Com muito empenho dos seus associados e do então diretor Prof. Dr. Zeferino Vaz, conseguiu-se financiamento para a construção do Ginásio de Esportes (o “Gymnasium da Medicina”) e, tempos depois, da Praça de Esportes “Zeferino Vaz” (pista de atletismo e campo de futebol), inaugurada em 27 de agosto de 1961.

Com a entrada progressiva de outras faculdades no Campus (Odontologia e Farmácia, Filosofia, Enfermagem e FEA), aumentou-se a pressão para se dividir a utilização do ginásio. Infelizmente, a estrutura não foi ampliada e optou-se pela política da divisão, sobrecarregando o espaço já limitado, algo insuficiente para atender a todos. Na década de 70, o ginásio já não era de utilização única da AAARL.

No ano de 1986, insatisfeitos com a crônica falta de espaços para a prática esportiva, a AAARL almejou um projeto audacioso que tentaria solucionar estes problemas. Neste contexto foi criada a Comissão Pró-Ginásio, com o objetivo de reivindicar um novo ginásio que suplantasse a demanda dos alunos da medicina.

A Associação não incorreu no pecado da omissão, do conformismo, nem se limitou a atitudes exclusivamente reivindicatórias. Assumiu plenamente seu papel dentro do universo das decisões e da gestão acadêmica. Criou uma Comissão Pró-Ginásio com a finalidade de oferecer aos alunos de medicina instalações próprias e adequadas.

Prof. Dr. Michel P. Lison, Revista dos 45 Anos da AAARL

A Comissão Pró-ginásio, pelo fato de não ter conseguido de forma definitiva um espaço na USP para construção de um ginásio, teve os recursos financeiros arrecadados até então revertidos para pagamento de aluguel de quadras particulares pela Atlética. A escassez das finanças ocasionou seu fim provisório.

A Associação Pró-Ginásio/AAARL, reestruturada em meados de 1997 e fundada em 2002, leva adiante esse sonho. Inicialmente, a Associação tratou de garantir que os recursos arrecadados só pudessem ser utilizados para as atividades relacionadas com o intuito de seu projeto. Para isso foi redigido um estatuto e registrado em cartório juntamente com sua ata de fundação.

Trata-se de uma associação sem fins lucrativos, formada por alunos do curso de medicina da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo (FMRP-USP) e que visa a construção de um ginásio de esportes próprio para sediar os treinos oferecidos pela Associação Atlética Acadêmica Rocha Lima (A.A.A.R.L.®), torneios esportivos e projetos sociais.

Através dos recursos adquiridos por meio de doações de ex-alunos, alunos, docentes e simpatizantes do projeto a PróGinásio conseguiu, em 2010, comprar um terreno de mais de 21.000 m2 , bem próximo da USP, para erguer o nosso ginásio.

Em 2013, obtivemos mais uma conquista, conseguindo aprovar o projeto de construção do Complexo Esportivo da AAARL na Lei de Icentivo ao Esporte, o que permiti que pessoas físicas e jurídicas invistam parte de seu Imposto de Renda em projetos esportivos chancelados pelo Ministério do Esporte.

Além disso, a Associação PróGinásio organiza anualmente o Workshop de Medicina, que este ano encontra-se na sua 19ª (décima nona edição), um evento que já se tornou tradicional entre os alunos do ensino médio e cursinho de Ribeirão Preto e região, contando anualmente com mais de 2000 participantes. Toda a renda obtida com o workshop também auxilia na captação de recursos destinados a construção do projeto.